Governo Federal

Município baiano ganha poço artesiano que vai produzir 2,4 milhões de litros de água por dia

https://beneficiosnews.com.br/

 O município de Tucano (BA), recebeu um poço artesiano com capacidade de produzir 100 mil litros de água por hora, o que corresponde a 2,4 milhões de litros por dia. A estrutura, que tem 102 metros de profundidade e recebeu R$ 130 mil em investimentos, vai abastecer três comunidades isoladas da sede municipal. 

A ação faz parte da Força-tarefa das Águas, lançada pelo Governo Federal, em março deste ano, para impulsionar a entrega de poços artesianos, cisternas, sistemas simplificados de abastecimento de água e unidades de dessalinização em comunidades rurais do Nordeste e do semiárido mineiro. Saiba mais neste link.

De acordo com o Departamento Nacional de Obras contra as Secas (Dnocs), o volume de água produzido pelo poço será suficiente para encher, em uma hora, 100 caixas de mil litros enfileiradas, o que vai impactar, sobretudo, a vida dos moradores das comunidades difusas, que ficam isoladas da sede do município. “Nesses locais, não há facilidade no abastecimento de água, não têm água encanada. Água vem através de poços, sistemas adutores aqui são difíceis”, explicou o diretor do Dnocs, Jackson Oliveira Carvalho.

Força-Tarefa das Águas

O Força-Tarefa das Águas é um esforço concentrado de diversos órgãos do Governo Federal para levar água de qualidade a brasileiros que moram em comunidades rurais desassistidas pelas companhias de saneamento. Desde 2019, mais de 850 mil pessoas dessas comunidades mais afastadas passaram a ter acesso diário a água por meio de equipamentos entregues pelo governo, como poços (furados ou recuperados), pequenas estações de tratamento, equipamentos de dessalinização, poços artesianos e outros sistemas de abastecimento, eliminando a dependência dos carros-pipa. Até o final de 2022, a meta é que cerca de 1,5 milhão de pessoas sejam beneficiadas pela iniciativa, sendo que mais de 600 mil passarão a ter água tratada de forma permanente.

Com informações do MDR

 

Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

To Top