Categoria BenefíciosINSS

Guia Extrato de Contribuição (CNIS) pelo Meu INSS

O Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) representa um dos documentos mais cruciais para os brasileiros em relação à aposentadoria. Esse extrato previdenciário contém uma vasta gama de informações sobre o histórico de trabalho e contribuições ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Um CNIS impreciso pode resultar em problemas com sua aposentadoria ou outros benefícios. Por isso, sua correção é vital.

Antes de fazer qualquer solicitação ao INSS, é fundamental realizar uma análise minuciosa do CNIS para identificar e corrigir possíveis erros, conhecidos como indicadores do CNIS. Esses indicadores alertam para a necessidade de resolver questões junto à previdência.

O que é o CNIS?

O CNIS é um registro individual de contribuição previdenciária de cada pessoa. Criado em 1998, tornou-se uma base de dados completa para a previdência social, contendo informações detalhadas sobre o histórico de trabalho e contribuições desde 1982.

Para que serve o extrato CNIS?

Relacionadas

O INSS utiliza o CNIS para calcular o tempo de contribuição e a média das contribuições previdenciárias. Essas informações são cruciais para determinar o direito a benefícios como aposentadorias e auxílios.

Como emitir o extrato do CNIS pela internet?

Desde 2018, é possível acessar o extrato do CNIS online. Basta cadastrar-se no Meu INSS e obter a senha. Após o login, na aba “Para Você”, selecione “Extrato de Contribuições (CNIS)”. Lá, é possível conferir o documento na tela ou baixar a versão completa em PDF.

O que são os indicadores do CNIS?

Os indicadores no CNIS são alertas sobre possíveis pendências ou erros. Corrigi-los é crucial para garantir uma aposentadoria correta e evitar atrasos ou valores reduzidos nos benefícios.

É fundamental entender e corrigir os indicadores do CNIS a tempo, pois podem afetar não apenas a aposentadoria, mas também outros benefícios como o auxílio-doença.