Imposto de Renda: Quem ganha até 2 salários mínimos precisa optar pelo desconto simplificado?

Com a ampliação da isenção, contribuintes que ganham até R$ 2.824 podem ter dúvidas sobre a melhor forma de declarar o imposto.

Entenda como funciona o desconto simplificado e quem pode se beneficiar.

A Medida Provisória que ampliou a isenção do Imposto de Renda (IR) para quem ganha até R$ 2.259,20 também alterou os valores da primeira faixa da tabela progressiva. Agora, contribuintes que ganham até R$ 2.824 (dois salários mínimos) podem ter dúvidas sobre qual forma de desconto é mais vantajosa: o desconto simplificado ou o desconto padrão.

Desconto simplificado:

  • O desconto simplificado é de R$ 564,80 por mês.
  • Quem ganha até R$ 2.824 e opta por esse desconto não paga IR.
  • Essa opção é vantajosa para quem não tem muitos dependentes ou gastos dedutíveis.

Desconto padrão:

  • O desconto padrão é de 20% sobre a renda bruta tributável.
  • Permite deduzir gastos com saúde, educação, dependentes, entre outros.
  • Essa opção pode ser mais vantajosa para quem tem muitos dependentes ou gastos dedutíveis.

É importante lembrar que o desconto simplificado é opcional.

Relacionadas

Contribuintes que têm direito a deduções maiores pela legislação atual (previdência, dependentes, alimentos) não serão prejudicados se optarem pelo desconto padrão.

Veja como fica o cálculo do IR para quem ganha até R$ 2.824:

Com desconto simplificado:

  • Renda bruta: R$ 2.824
  • Desconto simplificado: R$ 564,80
  • Base de cálculo: R$ 2.259,20
  • Alíquota: 0%
  • Imposto a pagar: R$ 0

Com desconto padrão:

  • Renda bruta: R$ 2.824
  • Desconto padrão: 20% (R$ 564,80)
  • Base de cálculo: R$ 2.259,20
  • Alíquota: 7,5%
  • Imposto a pagar: R$ 169,44

Em resumo, quem ganha até 2 salários mínimos deve avaliar qual opção de desconto é mais vantajosa para sua situação. Se não tem muitos dependentes ou gastos dedutíveis, o desconto simplificado é a melhor escolha.

Para mais informações, consulte um contador ou acesse o site da Receita Federal.