Categoria BenefíciosDetran

IPVA: Tabela com preços de mercado dos veículos e como calcular

IPVA: Tabela com preços de mercado dos veículos e como calcular Alíquota incide sobre valor venal do carro, conforme tabela elaborada pela Fipe.

Passada a alegria do Natal, é hora de começar a pensar nas contas a pagar no início do ano. O governo estadual divulgou a tabela com os valores venais (preços de mercado) dos automóveis licenciados no Estado do Rio, que servirão de base para o cálculo do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2024.

Sobre o valor venal do automóvel, portanto, é aplicada a alíquota de imposto a pagar: de 4% para carros flex, de 2% para motos, de 1,5% para automóveis abastecidos com Gás Natural Veicular (GNV) e de 0,5% para modelos movidos exclusivamente a energia elétrica.

Para realizar o cálculo basta multiplicar o valor venal do veículo pela alíquota devida e dividir o valor por 100. O resultado encontrado equivale ao IPVA que deverá ser pago em 2024.

Confira aqui a tabela de valor venal publicada no Diário Oficial do Estado do Rio (páginas 8 a 135), incluindo todas as marcas de veículos, motocicletas e utilitários.

Para consultar a tabela e apurar o valor do imposto de forma precisa, porém, é preciso saber detalhes sobre o veículo — como ano de fabricação, versão e potência do motor. E uma mesma montadora pode aparecer em diferentes páginas, com veículos diversos.

O dono de um Argo Drive 1.3 automático flex, ano 2022, avaliado em R$ 73.885, por exemplo, vai pagar a alíquota de 4%. Assim, o imposto a recolher será de R$ 2.955,40. Quem tem um Honda HR-V EX HS flex, ano 2020, cujo valor de avaliação é de R$ 134.527, vai pagar um IPVA de R$ 5.381,08.

Vale destacar que os automóveis com mais de 15 anos de uso não pagam IPVA. Neste caso, o proprietário desembolsa apenas a taxa de licenciamento anual do Detran.RJ, a Guia de Recolhimento de Taxas (GRT), cujo valor para 2024 ainda será divulgado.

Desconto de 3% será mantido

Em 2024, a regra de pagamento do IPVA no Rio será mesma de anos anteriores: o motorista poderá escolher entre a cota única — o pagamento à vista garantirá um desconto de 3% — ou parcelar o imposto em três vezes, sem abatimento.

A primeira data de vencimento será 22 de janeiro, para veículos com final de placa 0. A última parcela vencerá em 11 de abril, para aqueles com placas de final 9. O cronograma vale também para donos de motocicletas. Em 2024, o IPVA estará, em média, 4,39% mais barato do que em 2023 (reduções médias de 4,61% para carros e de 3,97 para motos).

Como pagar o IPVA?

O pagamento do imposto deverá feito por meio da Guia de Regularização de Débitos (GRD), que poderá ser emitida pelo Portal do IPVA da Secretaria estadual de Fazenda – Sefaz ou pelo site do Bradesco, somente a partir de janeiro. Será preciso informar os números do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) e do CPF ou do CNPJ do proprietário. O pagamento poderá ser feito em qualquer banco.

Relacionadas

Veja o calendário com as datas de vencimento:

Final de placa 0

  • Cota única ou primeira parcela – 22 de janeiro
  • Segunda parcela – 21 de fevereiro
  • Terceira parcela – 22 de março

Final de placa 1

  • Cota única ou primeira parcela – 23 de janeiro
  • Segunda parcela – 22 de fevereiro
  • Terceira parcela – 26 de março

Final de placa 2

  • Cota única ou primeira parcela – 24 de janeiro
  • Segunda parcela – 23 de fevereiro
  • Terceira parcela – 27 de março

Final de placa 3

  • Cota única ou primeira parcela – 25 de janeiro
  • Segunda parcela – 26 de fevereiro
  • Terceira parcela – 1º de abril

Final de placa 4

  • Cota única ou primeira parcela – 26 de janeiro
  • Segunda parcela – 27 de fevereiro
  • Terceira parcela – 2 de abril

Final de placa 5

  • Cota única ou primeira parcela – 29 de janeiro
  • Segunda parcela – 29 de fevereiro
  • Terceira parcela – 4 de abril

Final de placa 6

  • Cota única ou primeira parcela – 30 de janeiro
  • Segunda parcela – 1º de março
  • Terceira parcela – 5 de abril

Final de placa 7

  • Cota única ou primeira parcela – 31de janeiro
  • Segunda parcela – 4 de março
  • Terceira parcela – 8 de abril

Final de placa 8

  • Cota única ou primeira parcela – 1º de fevereiro
  • Segunda parcela – 6 de março
  • Terceira parcela – 9 de abril

Final de placa 9

  • Cota única ou primeira parcela – 2 de fevereiro
  • Segunda parcela – 8 de março
  • Terceira parcela – 11 de abril – Fonte: Extra Globo