PIS/Pasep 2024: Pagamento inicia em fevereiro para nascidos em janeiro

A Caixa Econômica Federal inicia nesta quinta-feira (15) o pagamento do Abono Salarial PIS/Pasep 2024, referente ao ano-base 2022. O benefício, que pode chegar a um salário mínimo (R$ 1.412), será pago a trabalhadores da iniciativa privada e servidores públicos nascidos em janeiro.

Novidade em 2024: unificação do calendário de pagamento

A grande novidade para este ano é a unificação do calendário de pagamento do PIS e do Pasep. Anteriormente, os servidores públicos recebiam o abono conforme o dígito final do número de inscrição. Agora, todos os beneficiários serão pagos de acordo com o mês de nascimento.

Calendário de pagamento:

Mês de nascimentoData de pagamento (PIS)Data de pagamento (Pasep)
Janeiro15 de fevereiro15 de fevereiro
Fevereiro15 de março15 de março
Março15 de abril15 de abril
Abril15 de abril15 de abril
Maio15 de maio15 de maio
Junho15 de maio17 de junho
Julho17 de junho17 de junho
Agosto17 de junho15 de julho
Setembro15 de julho15 de julho
Outubro15 de julho15 de agosto
Novembro15 de agosto15 de agosto
Dezembro15 de agosto15 de agosto

Ampliação do alcance do abono:

Em 2024, o abono salarial beneficiará cerca de 24,8 milhões de trabalhadores. Desse total, 21,9 milhões receberão o PIS pela Caixa Econômica Federal e 2,8 milhões receberão o Pasep pelo Banco do Brasil.

Relacionadas

Valor do benefício:

O valor do abono varia de acordo com o tempo de serviço do trabalhador no ano-base, podendo ser de R$ 118,00 a R$ 1.412,00. Para saber o valor exato, consulte a Carteira de Trabalho Digital ou o portal Gov.br a partir do dia 5 de fevereiro.

Requisitos para receber o abono:

  • Estar cadastrado no programa PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;
  • Ter trabalhado para empresas que contribuem para o PIS/Pasep;
  • Ter recebido remuneração média de até dois salários mínimos em 2022;
  • Ter exercido atividade remunerada por pelo menos 30 dias em 2022;
  • Ter os dados informados corretamente na RAIS ou no eSocial pelo empregador.

Quem não tem direito ao abono:

  • Empregados domésticos;
  • Trabalhadores rurais ou urbanos;
  • Empregados por pessoa física.

Para mais informações:

  • Caixa Econômica Federal: 4004-0104 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800 104 0104 (demais regiões);
  • Banco do Brasil: 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800 729 0001 (demais regiões);
  • Portal Gov.br: