Trabalhadores enfrentam bloqueio de saldos do FGTS

Desde a última quarta-feira (5), muitos trabalhadores brasileiros se depararam com seus saldos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) bloqueados ao acessarem o aplicativo vinculado à Caixa Econômica Federal. A mensagem que surpreende os cotistas informa que o dinheiro depositado na conta vinculada não está disponível para saque.

Previsão de Normalização

De acordo com a Caixa, o desbloqueio do FGTS para saque deve ocorrer em até seis dias úteis. A instituição financeira afirmou que o processo de normalização do sistema já foi iniciado e está em andamento.

Posicionamento da Caixa

“Em função da alteração da data de vencimento de recolhimento do FGTS, a Caixa está atualizando rotinas no processamento do fundo para se adequar ao novo modelo. A ação não gera impacto financeiro aos trabalhadores nem tampouco necessidade de comparecimento em agências do banco. A normalização das contas já foi iniciada”, declarou a Caixa por meio de nota oficial.

Relacionadas

Impacto em Débitos Imobiliários

A Caixa ainda não esclareceu sobre possíveis prejuízos no pagamento de débitos imobiliários dos trabalhadores, como entradas, parciais ou quitação de financiamentos de imóveis. Segundo o banco, o processamento de valores no FGTS foi impactado pela alteração na data máxima para que as empresas possam recolher recursos ao fundo.

O que Fazer em Caso de Bloqueio

Trabalhadores que encontrarem seus saldos bloqueados no aplicativo do FGTS devem aguardar o prazo informado pela Caixa para a normalização. Não há necessidade de comparecer às agências, pois o problema está sendo tratado internamente pela instituição.

Contexto da Alteração

A alteração na data de vencimento de recolhimento do FGTS foi uma medida recente que gerou a necessidade de ajustes no sistema de processamento da Caixa. A mudança visa melhorar a gestão dos recursos, mas acabou provocando um transtorno temporário para os cotistas.